Instituto TIM

Curiosidades fascinantes sobre o planeta Terra

22/01/2016

Na busca por mais informações sobre outros planetas, às vezes até esquecemos que moramos em um dos planetas mais fascinantes do universo! Para começar, a Terra é o único planeta conhecido que abriga vida e que tem 70% de sua superfície coberta por água líquida – e só essas características já são impressionantes. A seguir, você vai conhecer outras curiosidades que mostram como a Terra é complexa e como temos muito a descobrir sobre ela.

 

O oceano ainda é um grande mistério

divers-681516_1920

Há quem diga que conhecemos mais sobre outros planetas do que sobre as profundezas do oceano. Se levarmos em conta que até hoje só conseguimos explorar 5% de todo o oceano (pessoalmente ou com a ajuda de equipamentos), essa frase não parece tão exagerada assim. As condições no fundo do mar não colaboram para que a gente veja com detalhes o que tem por lá: a pressão é extremamente alta e é muito frio e escuro, mesmo uma luz artificial não chega muito longe. Os cientistas calculam que milhões de novas espécies vivem na enorme região do oceano desconhecida por nós.

 

Milhares de terremotos todos os dias

Closed-up cracked asphalt after earthquake.

Terremotos parecem um fenômeno raro, que vemos poucas vezes nos noticiários. Mas eles acontecem todos os dias! Por ano, ocorrem cerca de 100 mil tremores em todo o mundo – e esses são apenas os que são possíveis de perceber. É que a camada de rochas que forma a superfície da Terra (chamada crosta terrestre) é dividida em grandes placas tectônicas, que se movimentam o tempo todo. E todas as vezes que uma colide com a outra ocorrem terremotos de diferentes intensidades. De toda essa tremedeira que acontece debaixo da gente, em torno de 100 terremotos por ano podem causar algum tipo de dano, infelizmente.

 

Um núcleo tão quente quanto o Sol

earth-composition

Se o fundo do mar é um mistério para nós, imagine um local ainda mais profundo, que começa a cerca de 3 mil quilômetros abaixo da terra. Esse é o núcleo do nosso planeta, e ele é dividido em duas partes: uma bola sólida gigante formada por ferro e níquel e, ao seu redor, uma camada desses metais em estado líquido. A temperatura lá embaixo é tão alta, mas tão alta, que chega a ser igual à da superfície do Sol: 6.000 °C. Dá para entender por que até agora nunca foi encontrada uma maneira de chegar perto do núcleo! Todas as teorias que sabemos sobre ele foram calculadas a partir de hipóteses, experimentos e muitos estudos, que envolvem até meteoritos e terremotos.

 

Montanhas vulcânicas enormes debaixo d’água

Spreading_ridges_volcanoes_map-en

Os traços do mapa mostram a localização da dorsal oceânica. Créditos: Eric Gaba (CC BY-SA 2.5

Existem cadeias gigantescas de montanhas vulcânicas que ficam no fundo do oceano. Elas são chamadas de dorsal oceânica, e se estendem por mais de 65 mil quilômetros pelo mundo. Lembra das placas tectônicas que falamos antes? A dorsal oceânica existe nos locais em que as placas tectônicas se afastaram mais. As erupções de lava entre as placas formaram essas montanhas, que em sua grande maioria ficam nas regiões mais profundas do mar e praticamente não foram exploradas. Mas em alguns poucos lugares elas chegam à superfície e formam ilhas, como as que pertencem à Islândia.

 

Veja outras curiosidades:
HypeScience
Discovery Brasil

1 comentário

  1. “FASCINANTE!” Amei ter conhecido mais sobre a Terra. Vou copiar esse material e levar pra expor na escola . Vou convencer a direção pra fazer um mural pra colocarmos “CURIOSIDADES FASCINANTES” E essa matéria vai ser a primeira. É claro que colocarei a fonte http://www.institutotim.org.br/

    NÃO RESISTI ! E PUBLIQUEI NA MINHA LINHA DE TEMPO DO FACEBOOK.

    Responder

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *