Instituto TIM

Ciência que vira arte com a fotografia

12/01/2015

Já mostramos aqui no site exemplos de como a ciência combina muito bem com a arte, como nas esculturas do artista holandês Theo Jansen, nas imagens produzidas pelo físico holandês Arie van’t Riet e nas fotos das caravelas-portuguesas tiradas pelo fotógrafo norte-americano Aaron Ansarov. E aqui no Brasil também se faz arte com ciência!

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) organiza desde 2011 o Prêmio de Fotografia – Ciência & Arte, que homenageia as melhores fotos com os temas de ciência, tecnologia e inovação. Podem participar estudantes de graduação e pós-graduação, professores e pesquisadores brasileiros. E não é apenas a beleza da foto que conta, mas também a sua importância para a pesquisa científica.

Olha só como são interessantes as imagens vencedoras da 4ª edição do prêmio, realizada em 2014! Na primeira categoria, que são as fotos tiradas por câmeras fotográficas, o primeiro lugar ficou com a imagem de um verme marinho chamado Chaetopterus variopedatus, que é capaz de produzir luz, dentro de um tubo de vidro. Uma foto rara de um jovem matamatá, uma espécie de tartaruga que vive em água doce, ganhou o segundo lugar. E a terceira colocada foi a imagem de uma caverna, misturando luz e sombra.

 

Foto Anderson Garbuglio de Oliveira

1º lugar: Anderson Garbuglio de Oliveira – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

 

Foto Fábio Andrew Gomes Cunha

2º lugar: Fábio Andrew Gomes Cunha – Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA)

 

Foto Marcos Otávio Silvério

3º lugar: Marcos Otávio Silvério – Universidade de São Paulo (USP)

 

Já a segunda categoria reúne fotografias capturadas com instrumentos especiais – lupas, microscópios, telescópios, entre outros. A imagem vencedora parece até de outro planeta, mas são partículas bem pequenininhas da substância cromo metálico sobre uma superfície feita de substrato de alumina. O segundo lugar foi da foto de um filhotinho de morcego quando ele ainda era um embrião, ou seja, estava na barriga de sua mãe. A imagem de microalgas que vivem em grupo foi a terceira colocada.

 

Foto Osvaldo Mitsuyuki Cintho

1º lugar: Osvaldo Mitsuyuki Cintho – Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

 

Foto Adriana Ventura

2º lugar: Adriana Ventura – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

 

Foto Roberta Fernandes Pinto

3º lugar: Roberta Fernandes Pinto – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

 

Saiba mais sobre o Prêmio de Fotografia – Ciência & Arte acessando este link.

 

Fonte e fotos:
CNPq

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *