Instituto TIM

Critérios para nomear os astros do universo

28/07/2016

Planetas, estrelas e outros astros têm nomes bem diferentes entre si. Enquanto alguns têm nomes mais comuns, como os planetas do Sistema Solar, outros são chamados apenas por siglas e números. Por que isso acontece? Em primeiro lugar, temos que lembrar que a escolha dos nomes de corpos celestes acontece desde a Antiguidade – por isso, vários critérios já foram utilizados para estabelecer os nomes ao longo do tempo.

Os cinco planetas que podem ser vistos da Terra sem telescópios eram chamados de diversas formas pelos povos antigos. Os nomes que usamos até hoje foram criados durante o Império Romano, representando deuses da mitologia romana: Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno. Netuno e Urano foram descobertos muito tempo depois, no século XIX, e receberam o nome de um deus romano (Netuno) e um deus grego (Urano).

Já a escolha de nomes de planetas fora do Sistema Solar (exoplanetas), assim como de outros corpos celestes, pode parecer a maior bagunça! É que por muito tempo não havia nenhuma regra para isso. Então os astrônomos que descobriam novos astros os batizavam da maneira que quisessem, inclusive com o próprio nome. Só em 1922 a União Astronômica Internacional (UAI) criou regras e padrões para nomear os astros. Isso foi necessário porque conhecemos bilhões deles, e mais são descobertos a cada ano. As nomenclaturas científicas ajudam não só a localizá-los e diferenciá-los melhor, como a ter um nome que é reconhecido em todos os países, não importa o idioma.

Os exoplanetas, por exemplo, começam com um nome ou uma abreviação e terminam com uma letra minúscula. O primeiro nome pode ser relacionado à estrela que ele orbita, ao instrumento que o detectou (como o telescópio Kepler, que já deu nome a vários planetas), a projetos astronômicos, entre outros. A letra indica a ordem que ele foi descoberto em seu sistema planetário, começando pela letra “b”. O exoplaneta 51 Pegasi b, por exemplo, foi o primeiro planeta descoberto orbitando a estrela 51 Pegasi.

Os nomes de estrelas seguem os mais variados critérios, muitos deles criados por astrônomos antes mesmo de existir a UAI. Eles podem fazer referência à constelação da qual a estrela faz parte, ao catálogo em que ela foi registrada, ao ano de sua descoberta, às coordenadas em que é localizada no céu… Com a infinidade de estrelas que existem, muitos nomes acabam sendo uma grande mistura de siglas e números. A estrela SDSSp J153259.96-003944.1 tem esse nome por causa do projeto astronômico que a detectou (SDSS é a sigla do projeto Sloan Digital Sky Survey) e de suas coordenadas no céu.

Cometas, nebulosas, galáxias e outros corpos celestes também têm critérios específicos. Mas até agora estamos falando apenas de nomenclaturas científicas. Alguns astros já ganharam nomes populares e mais fáceis de identificar. Eles são sugeridos à UAI por astrônomos, observatórios e clubes de astronomia ou escolhidos por votação do público. Em uma votação realizada no ano passado, pessoas do mundo todo ajudaram a nomear 14 estrelas e 31 exoplanetas. Dentre eles, o planeta PSR 1257+12 c foi chamado de Poltergeist, um nome alemão dado a seres sobrenaturais, e o sistema da estrela mu Arae homenageou o livro “Dom Quixote de la Mancha”, do escritor espanhol Miguel de Cervantes: a estrela chama Cervantes e os planetas receberam os nomes dos personagens Quixote, Dulcineia, Rocinante e Sancho.

E se você pudesse nomear uma estrela, planeta ou qualquer outro astro, que nome escolheria?

 

Créditos da imagem em destaque: NASA Ames/JPL-Caltech/T. Pyle

3 Comentários

  1. eu botaria de 4002157

    Responder
  2. nomearia uma estrela com nome, Promessa, porque sempre que observo uma estrela ,lembro- me do poder e das promessas de Deus, ……

    Responder
  3. Valeu o esclarecimento. Muito legal!
    Se eu pudesse nomear uma estrela eu nomearia de “Laurus” homenageando a minha filha Laura.

    Responder

Deixe uma resposta para Maria Liduina Vasconcelos de Brito Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *