Instituto TIM

Foi mesmo Santos Dumont quem inventou o avião?

11/11/2015

Quem inventou o avião? A resposta mais comum aqui no Brasil é o mineiro Alberto Santos Dumont. Mas se essa pergunta fosse feita nos Estados Unidos, os irmãos norte-americanos Orville e Wilbur Wright seriam considerados os grandes inventores do avião. Santos Dumont voou com seu 14-Bis em 23 de outubro de 1906. Três anos antes, os irmãos Wright pilotaram o Flyer (“voador”, em português) em 17 de dezembro. Então por que Santos Dumont ganhou a fama de “pai da aviação”?

Naquela época diversos inventores tentaram criar máquinas em que o homem pudesse voar e, ao mesmo tempo, controlar sua direção, ao invés de depender da direção do vento. Foi o próprio Santos Dumont que conseguiu esse feito em 1901, com o primeiro balão dirigível da história. Depois disso o desafio ficou mais complicado: inventar uma máquina mais pesada que o ar, que pudesse ser controlada por um piloto e que decolasse e pousasse sem a ajuda de nenhum outro equipamento, entre outros critérios. O Aeroclube da França até ofereceu um prêmio à primeira pessoa que conseguisse voar em uma máquina dessas na frente do público.

E o vencedor foi novamente o brasileiro Santos Dumont! Sua invenção, o avião 14-Bis, voou em Paris por 60 metros a uma altura entre 2 e 3 metros. Mas do outro lado do oceano, lá nos Estados Unidos, os irmãos Wright diziam que tinham feito mais do que isso. Além de terem conseguido pilotar seu avião por quase 37 metros em 1903, eles estavam alcançando distâncias cada vez maiores. O problema é que eles não deixavam ninguém ver esses voos, por medo de que alguém copiasse a ideia.

 

14-Bis

Primeiro voo de Santos Dumont em seu 14-Bis

 

Os irmãos Wright só foram demonstrar sua invenção em público em 1908, voando por mais de 100 quilômetros na França! E foi aí que eles mostraram uma foto do primeiro voo que fizeram em 1903. Realmente, foram os irmãos que inventaram o primeiro avião. Mas a história não para por aí!

Os modelos criados por eles não atendiam a um dos critérios do Aeroclube da França, que era decolar e pousar por conta própria. Para que o avião levantasse voo, eles precisavam de uma ajudinha do vento forte e de equipamentos como trilhos e catapultas. Já o 14-Bis foi o primeiro avião a decolar e pousar sem a ajuda de equipamentos, usando um sistema com duas rodas.

Os irmãos Wright podem ter criado o primeiro modelo de avião, mas foi Santos Dumont que fez com que o avião conseguisse sair do chão sozinho. De qualquer maneira, são três grandes inventores que contribuíram e muito para o sonho do homem de conseguir voar!

 

1200px-First_flight2

O avião Flyer durante seu primeiro voo, pilotado por Orville Wright

 

Saiba mais:
Scientific American Brasil
Aventuras na História
Folha de S. Paulo

19 Comentários

  1. Avatar

    Foi Santos Dumont e pronto o resto invejinha de Americano

    Responder
  2. Avatar

    Li os comentários acima num hausto. Não obstante a polarização de entendimentos e também graças a ela, considerei um daqueles momentos felizes da vida, a apresentação de tantos nomes e números sobre este tema, além de revisão de posicionamentos e abordagens que para mim foram assim… início de uma nova visão. Por mim estão todos de parabéns.

    Responder
    • Avatar

      A cegueira do brasileiro é o nacionalismo. Parece que não existe indivíduos, só coletivos. O brasileiro parece que por isso ser um comunista nato. O avião não foi uma invenção de um único individuo, mas de vários. Até a ideia de voar vem de geração em geração sendo transmitido de individuo para indivíduo. Cada um coloca o seu “tijolo” nesta grande construção que nunca acaba porque está o tempo todo sendo inovado e aperfeiçoado. Se Santos Dumont contribuiu com um feito, outros em outros lugares contribuíram também com outros feitos. Os Irmãos Wright contribuíram com o controle da aeronave que eles adaptaram da bicicleta que eles fabricavam. Além do mais, como eles tinham liberdade econômica, coisa que brasileiro desconhece, empregaram o avião para transportar coisas e pessoas dando utilidade prática a invenção. Santos Dumont ou qualquer outro jamais divisaram a possibilidade de empregar o avião para fins comercial. Não tinha estimulo pois o governo impede com seus muitos departamento que cria cabide de emprego e dificuldade para os negócios.

      Responder
      • Avatar

        realmente agora entendi quem inventou o avião foram três pessoas perseverantes que contribuiu para esse feito …então nao foi só Santo Drumont.

        Responder
  3. Avatar

    Na verdade, quem foi mesmo o pai da aviação foi Gustav Albin Weisskopf, conhecido por Gustav Whitehead. Ele foi influenciado por outro alemão, o Otto Lilienthal, após ler um livro do mesmo. Em junho de 1901 a revista Scientific American noticiou que Weisskopf tinha construído um novo “hang glider”, isto é, um planador com motor. Dois meses mais tarde foi notíciado que ele tinha voado por 2,5 km a uma altitude de 10 a 15m, com seu “Nº 21”. Nessa ocasião provou que podia decolar e pousar com segurança com uma aeronave com motor. Ele descobriu os fundamentos que uma decolagem necessita e definiu a sua velocidade mínima.
    A notícia de seu voo se espalharam nos Estados Unidos e na Europa. Octave Chanute achou difícil acreditar que um mecânico sozinho podia realizar tal feito. Em setembro de 1901 apresentou o seu “Nº 22” em Atlantic City e trabalhou mais no desenvolvimento de motores. Mas Whitehead não tinha nenhum senso comercial e poderia ter vivido confortavelmente se tivesse tomado precauções como registrar seus negócios e tirar patentes, coisa que não fez. Foi um cabeça oca neste sentido.
    Apesar de ter muitas encomendas de motores e muitas ofertas de industriais que queriam ser seus sócios, ele não deu importância a isso. Ele nunca achou necessário, nem tinha dinheiro para registrar patentes de suas invenções e sua oficina era aberta a todos.
    No final de 1901, Whitehead teria feito o primeiro pouso na água com uma aeronave motorizada. Depois construiu o primeiro motor diesel, instalando-o no “Nº 22”, com o qual teria feito um voo circular de 1 km a uma altura de 60m, em 17 de janeiro de 1902. Existem notícias desse evento em jornais dos Estados Unidos e da França e a façanha é narrada num livro alemão de 1903, como recorde de velocidade.
    Então, aquele que merece ser o criador da aviação é esse cara. Os avanços poderiam demorar mais alguns anos sem o feito deste cara.

    Responder
    • Avatar

      Na verdade a historia e cheia de aumenta um ponto… basta saber onde buscar e usar o senso critico

      Responder
  4. Avatar

    Muito elucidativo o artigo. A invenção do avião é assunto de muita controvérsia. O ponto mais importante disso tudo é considerar o papel de todos os inventores e pioneiros deste período. Todos possuiram um papel fundamental para a construção da base de estudos teóricos e práticos da aviação. Os preceitos elaborados por Sir Langley permanecem até hoje nos livros de teoria de voo. Sistemas de controle e design também moldaram os formatos dos aviões e helicópteros. Quanto a disputa entre Santos Dumont e Irmãos Wright, é de reconhecimento geral o voo de 1903 do Flyer, entretanto o mesmo teve auxílio da catapultagem e vento de proa em torno de 50 Km/h. Já o voo do 14 Bis em 1906, foi claramente uma decolagem e voo 100% por meios próprios, configurando uma decolagem normal de uma aeronave. Para quem tiver mais curiosidade sobre outros pioneiros da aviação, assim como Santos Dumont e Irmãos Wright, recomendo o seguinte artigo http://www.aviationforall.com/quem-inventou-o-aviao/

    Responder
  5. Avatar

    gostei dos comentários

    Responder
  6. Avatar

    O QUE É UM AVIÃO?
    Muita gente não sabe o que é um avião. (ou acha que sabe)

    Então vou explicar:
    Avião é um aparelho mais pesado que o ar, que tripulado ou não, seja capaz de alçar vôo sem ajuda de aparelhos de propulsão, (catapulta) e uma vez no ar, seja capaz de ser direcionado e pousar num lugar pré-definido. Tudo isso na presença de quem queira ver e testemunhar esse feito.
    O aeroclube da França (criado em 1898) daria um premio em dinheiro (1800 francos) para quem, obedecendo as regras impostas conseguisse provar na frente de um júri e testemunhas que seria capaz de conseguir essa proeza.
    E quem conseguiu esse feito em primeiro lugar?
    Sem dúvida alguma o brasileiro Alberto Santos Dumont no dia 23 de outubro de 1906.
    Por outro lado, dois idiotas americanos, queriam convencer o mundo que ha 2 anos atrás ou seja em 1903, já haviam inventado o avião.
    Foram então convidados pelo Aeroclube da França para participar do concurso.
    5 anos após eles terem enviado o telegrama para o aeroclube, dizendo ter inventado o avião, eles levaram uma foto da geringonça que diziam ter inventado, foto esta que mostra o avião no ar, sem testemunhas nem nada. Porque esperaram 5 anos? Levaram também uma catapulta para lançar o aparelho no ar. Teria também, que ter vento propício para funcionar. Ou seja, completamente fora dos parâmetros exigidos. Naturalmente foram alvos de chacota!
    Vamos analisar esse lançamento com catapulta:
    Se um garoto pega uma pedra e com uma atiradeira lança essa pedra no ar. A pedra continua sendo pedra e não um avião! Ele poderia dizer, como esses dois usurpadores da gloria alheia: inventei o avião!
    Em 1942, durante a guerra, a mídia americana lançou uma grande propaganda para convencer os americanos que ainda não acreditavam nos dois idiotas, que foram eles que inventaram o avião!
    Que caras de pau!!!!!

    Responder
    • Avatar

      Vejo vários problemas nas suas certezas , primeiro que não há nenhuma polêmica em relação aos irmãos Wright x Santos Dumont fora do Brasil, nem na França , há alguma polêmica com os antecessores dos irmãos Wright , talvez o invenção do avião seja no futuro creditada a Whitehead ou a algum outro indivíduo. Depois , pq que apesar de decolado sozinho, o 14 bis não era manobrável (não fazia curvas e nem rolagem), portanto não podia pousar em lugar pré-definido, como o avião dos Wright. Outra coisa que tem ser lembrada é que os irmãos eram relativamente pobres, e viagens transoceânicas não eram baratas, eles foram quando conseguiram patrocínio , calaram a boca de todo mundo ,e acabaram com a polêmica, menos , é claro, no Brasil.

      Responder
      • Avatar

        Na França existe uma ESTATUA de Santos Dumont, onde o denomina como PAI DA AVIAÇÃO… Não ha polemica ????

        Responder
        • Avatar

          Os americanos têm odireito de acreditarem no que quiserem. Mas para os franceses e brasileiros, Santos Dumont foi o cara !! Nacionalismos à parte, a América já tem muitos inventores. Não estamos errados em ter o nosso…

          Responder
      • Avatar

        Boa!

        Responder
  7. Avatar

    Outro dia, fiquei revoltado assistindo uma reportagem “americana” no Discovery Chanell sobre a história da aviação. Nela, eles narravam a participação de vários inventores que trabalharam na invenção do avião. Citam vários nomes, mas por conveniência, ou por medo de “levantar a lebre”, omitiram por completo o nome do brasileiro Santos Dumont”. Mas, citam, com a maior “cara de pau”. que foram os americanos Wilbur e Orville Wright que inventaram o avião. O aparelho inventado por Wilbur e Orville Wright, dependia de uma catapulta ou uma rampa em declive para decolar.
    Se qualquer pessoa amarrasse 2 azinhas numa pedra e lançasse essa pedra com um estilingue, poderia dizer que inventou o avião. Pois foi o que os irmãos Wright fizeram. Só que em tamanho grande!
    Quem inventou o primeiro engenho mais pesado que o ar (14 bis), capaz de levantar vôo pelos seus próprios meios, foi o brasileiro Alberto Santos Dumont.Mas o primeiro avião decente, realmente funcional foi o Demoiselle, um ultraleve, inventado também por Santos Dumont.
    Por pura prepotência dos americanos que consideram os outros habitantes do planeta ratos de laboratório, efetivamente a questão do vôo propriamente dito do mais pesado que o ar no início do século 20 era uma questão de tempo. Naquela época, havia no mundo em lugares equidistantes pessoas ou mesmo grupos atrás do mesmo intento. Não coube a Santos Dumont a figura inventor do avião, nem a ele nem a ninguém. Coube a ele sim a primazia de ser o primeiro homem sobre a face da terra a levantar vôo com um veiculo mais pesado que o ar. Isso é indiscutível, mostrando o gênio aeronáutico que era, e totalmente desprendido, e que nunca quis patentear nenhum invento ou melhoria. Questionado dizia que esses avanços pertenciam a humanidade. Quanta modéstia!!!!!Aí aparece no cenário internacional essas duas “raposas” que foram os irmãos Wright afirmando que tinham voado antes de Santos Dumont. Como voava e como aterrizava, ninguém viu, não houve testemunhas. Provavelmente os irmãos “metralha” americanos arrumaram um jeito de suavizar o pouso daquela geringonça que tinha sido lançada por catapulta e eram tão “tímidos” que não mostraram para mais ninguém, mas correram a patentear aquela “porcaria” voadora. Inclusive quando os irmãos Wrigth conseguiram fazer alguma coisa que voasse de verdade, mais de uma dezena de aventurei ros já o faziam na Europa, graças as plantas Demoiselle que Santos Dumont franqueou a todos
    Esse sim um avião de verdade, que serviu para toda a base da aviação moderna.A prática de roubar glórias é corriqueira naquele “grande” país. Como a história do “notável” americano Thomas Edison” que sempre foi um notável “rato” das invenções de seus subalternos, normalmente imigrantes europeus com altíssima qualificação , mas dada a crise no velho mundo eram obrigados a aportar nos Estados Unidos e ir trabalhar para esses escroques. Assim também foi com o submarino e mais um sem números de inventos. A única exceção fica para o mais que brilhante Westinghouse, que peitou e “humilhou” o “grande” gênio Edison na briga pela primazia de distribuição de energia eletrica nos Estados Unidos. Mas como todo genio de verdade que se preza, Westinghouse sucumbiu aos “inventores” que só pensavam em grana, e perdeu suas industrias para os banqueiros , que já são sugadores do suor alheio não é de hoje…>

    PS: Se você concorda comigo, passe adiante esse meu desabafo!

    Responder
    • Avatar

      Não são os americanos que ignoram Santos Dumont , é o mundo todo, fora é claro o Brasil, mesmo na França este ficou apagado (os franceses também têm um pai da aviação próprio que não é Dumont nem Wright). O avião dos irmãos Wright ,com catapulta ou não ,já fazia voos 100% controlados e ilimitados (parava só quando acabava o combustível , provando inclusive que não era um planador) 3 anos antes que DUmont. Deimoselle foi melhor e posterior ao Flyer , e inclusive copiou várias coisas do avião dos Wright . O lance da catapulta é irrelevante ,pq um avião que decola numa catapulta , também decola sem esta, caso haja pista e vento suficiente , a catapulta era utilizada pq na época não existiam aeroportos era muito mais seguro que decolar em gramados irregulares. Acho comicamente tendencioso, a vontade que brasileiro tem de considerar uma coisa que “voou” a 3 metros de altura por 220 metros , sem nenhum controle em 2 eixos e com controle parcial em 1, um avião , ao mesmo tempo que acha que um dispositivo que fazia voos plenamente controlados por mais de 39 KM de autonomia ,uma outra coisa que não é avião (a comparação com pedra é frequente). Santos Dumont foi importante , mas demasiado doutrinado e inserido no imaginário coletivo nacional, como algo que não é , isto com a ajuda de uma literatura superficial não investigativa e pelo governo militar . HJ no mundo com pleno acesso a informação ,fazemos um papel ridículo e infantil insistindo neste tema , não é nós x americanos é nós x o resto do mundo , e muitos brasileiros já estão se conformando com a verdade.

      Responder
      • Avatar

        Httler também escreveu um livro falando muitas mentiras como se verdade fossem e muitos idiotas acreditaram.

        Responder
  8. Avatar

    Como todo historiador, gosto de trabalhar com evidências. Como dois caras chegam 3 anos depois para fazer uma demonstração de algo que já havia sido feito na frente de dezenas de testemunhas, e apresentando uma foto que — segundo eles — havia sido tirada 8 anos antes? Isso não é prova, é apenas alegação. Sendo assim, posso tirar uma foto hoje de eu e minha equipe criando o Google. Fora o fato que o projeto e êxito da máquina voadora de Santos Dumont, também já havia alcançado bons resultados anos antes de sua apresentação em Paris, mas isso também não conta, pois da mesma forma que os norte-americanos, não havia provas nem evidência, o que fez o brasileiro se prontificar em expôr os seus resultados ao público antes de qualquer charlatão!

    Responder
  9. Avatar

    legal irá me ajudar na escola : )

    Responder
    • Avatar

      Ninguém te perguntou!!!

      Responder

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *