Instituto TIM

Super-heróis: a ciência por trás dos superpoderes

14/05/2015

Nas histórias em quadrinhos e nos filmes, quase todo super-herói usa poderes ou acessórios especiais para combater seus inimigos. Eles podem voar, ficam invisíveis, usam armaduras e escudos muito resistentes, têm visão de raio X e muito mais. Se você é fã dessas histórias, já deve ter parado para pensar: será que isso poderia acontecer na vida real? Selecionamos três dos personagens mais famosos para responder a essa pergunta – e nada melhor do que a ciência para ajudar a descobrir o que é possível e o que só existe na ficção.

 

Homem-Aranha

Homem-Aranha

Escalar prédios usando apenas as mãos e os pés é difícil para qualquer pessoa, mas não para o adolescente Peter Parker. As pontas de suas mãos e pés são cobertas por pelos microscópicos – assim como aqueles que as aranhas têm, que ajudam suas patas a aderir a qualquer superfície. A teia do Homem-Aranha é ficção, mas sua força e resistência também têm inspiração na realidade. A seda produzida pela aranha é tão forte, que consegue ser mais resistente que o aço. Se fosse feita na escala dos humanos, com a largura de um lápis, a teia poderia parar um avião do modelo Boeing 747 em pleno voo!

 

Super-Homem

Super-Homem

Seria demais poder vestir seu uniforme de super-herói e sair voando pela cidade, não é mesmo? Pena que isso só poderia acontecer na ficção. Para um ser humano poder voar, ele precisaria ter algum recurso, como asas – mas elas teriam que medir, no mínimo, 20 metros de comprimento! Além disso, nossos ossos precisariam ser mais leves, como os das aves. A visão de raio X do Super-Homem também fica apenas na imaginação. Nos exames de raio X que fazemos, uma parte dos raios atravessa o nosso corpo e a outra é absorvida, criando a imagem em um filme fotográfico ou detector digital do outro lado. Dessa forma, mesmo se nossos olhos emitissem raios X, a imagem não seria refletida para eles.

 

Homem de Ferro

Homem de Ferro 1

Apesar do nome, a armadura do Homem de Ferro não é feita de ferro. Ou melhor, foi só até as primeiras histórias, para depois ser substituída por modelos feitos de diferentes tipos de metais. Mesmo assim, ainda não existe uma combinação desses materiais que possa criar uma armadura leve, fácil de se movimentar, com todas as armas e jatos de propulsão do Homem de Ferro (que o fazem voar) e resistente a muitos tipos de ataques, desde balas de revólver até grandes explosões. Ela também precisaria de uma grande quantidade de energia para funcionar, e um reator tão pequeno como o usado pelo Homem de Ferro (aquele que é redondo com luz azul e fica no centro do peito dele) não teria condições de alimentá-la.

 

Se você quiser saber mais curiosidades científicas dos poderes desses e de outros super-heróis, confira os links a seguir:

Terra: Ciência e ficção nas histórias de super-heróis
Superinteressante: A ciência dos super-heróis
A Gente Explica – TV Mackenzie: E se os super-heróis existissem de verdade?

 

Créditos das imagens:
– Homem-Aranha: Fox-Sony Pictures Home Entertainment
– Super-Homem: Warner Bros. Pictures
– Homem de Ferro: Walt Disney Studios Motion Pictures

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *