Instituto TIM

O cientista que desvenda o nosso passado

29/04/2015

Se hoje sabemos muitos detalhes da cultura e dos costumes de civilizações antigas, isso se deve ao trabalho dos arqueólogos. Por meio de coletas, escavações e análises de objetos antigos, eles conseguem compreender como era a vida dos diferentes povos no passado. Qualquer vestígio descoberto já é um bom começo para uma investigação: de pedacinhos de cerâmica até grandes ruínas de cidades.

Os arqueólogos trabalham em conjunto com outros profissionais, como historiadores, paleontólogos, zoólogos, geógrafos… E a escavação é só uma parte de todo o processo, que começa com muitas pesquisas em laboratório e no local que será escavado. A revista Superinteressante fez um infográfico bem legal para mostrar como funciona uma escavação arqueológica, cheia de cuidados e etapas para que todos os detalhes sejam registrados e nada fique danificado (clique no infográfico para ampliá-lo).

 

Superinteressante 279 - jun2010

Infográfico publicado na edição 270 da revista Superinteressante, julho/2010

 

A próxima fase da pesquisa é bem longa, com a análise em laboratório do que foi encontrado. É assim que eles conseguem fazer todas as medições, descobrir a idade dos objetos, comparar com os dados de outras pesquisas e saber se suas teorias estão corretas ou criar novas teorias. Nessa reportagem da UnivespTV, um estudante de mestrado em Arqueologia da Universidade de São Paulo (USP) mostra um pouco do trabalho que faz no laboratório do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP (começa em 4:23).

 

 

E você sabia que aqui no Brasil também tem muitas coisas para os arqueólogos pesquisarem? Quando a gente pensa o que seria estudado nesse trabalho, normalmente lembramos daqueles povos bem antigos, como os egípcios, romanos ou gregos. Mas também já foram encontrados vestígios de civilizações antigas – inclusive pré-históricas – em algumas regiões brasileiras. E não precisa ir nem muito longe na história. A arqueologia também estuda o nosso passado recente e até o nosso presente, como o modo de vida de tribos indígenas. O site Arqueologia Brasileira apresenta muitas informações sobre esse assunto, incluindo uma lista de museus dedicados à arqueologia ou que têm coleções de peças arqueológicas no país.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *